DSCN830328/11/2013 – Apesar da INSPEÇÃO VEÍCULAR, PROGRAMAS PARA CONTROLAR O NÍVEL DE RUÍDO como o PSIU, a realidade da Cidade de São Paulo é outra completamente diferente. Poluição de todos os tipos estão sendo liberadas na Cidade, caminhões de outras cidades e estados não são obrigados a fazer nenhum tipo de inspeção, sendo assim estão liberados para despejar o seu lixo em nossa cidade. A Fumaça preta tomou conta das avenidas de São Paulo, o barulho produzido pelos caminhões é altamente ofensivo a saúde humana, e a PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO, CETESB, SECRETARIA DO VERDE E MEIO AMBIENTE, ninguém, absolutamente ninguém, esta fazendo nada para mudar esta realidade.

Os pedestres estão correndo risco de vida todos os dias  no cruzamento da Avenida Salim Farah Maluf com Avenida Vila Ema. A saúde das pessoas esta sofrendo um ataque direto e impiedoso todos os dias na região da MOOCA, IPIRANGA, VILA PRUDENTE, ÁGUA RASA, E MUITOS OUTROS BAIRROS QUE SÃO CORTADOS PELA AVENIDA SALIM FARAH MALUF E AVENIDA ANHAIA MELLO. E indiretamente toda cidade esta sofrendo com os Gases que são liberados na atmosfera por estes caminhões desregulados.

Você acha justo o Paulistano ficar em filas, pagar taxas para fazer INSPEÇÃO VEÍCULAR, e todos os outros veículos que circulam pela cidade não serem obrigados a fazer a Inspeção Veícular?

Gostariamos de convidar o Prefeito Fernando Haddad para ficar por 1 hora  neste cruzamento da Avenida Salim Farrah Maluf e Avenida Vila Ema, entre 12:00 e 15:00, será que ele aceita o desafio?

Seguindo a Escala Richter, a partir de 3.5 na escala, o ser humano já pode sentir os abalos de um terremoto, o trânsito de caminhões pesados aqui na Vila Prudente já causa este efeito, porque em alguns instantes do dia, você pode sentir o chão tremer, janelas de casas tremem, objetos em cima de móveis tremem, portas vibram, etc.

 

[youtube]http://youtu.be/5AsicWyq4mo[/youtube]

 

banner_300_250