Polícia Civil

Após revista ao Gol, a equipe achou os entorpecentes no porta-malas

Atualizado às 20h16

Após um mês e meio de investigações, a Polícia Civil prendeu o integrante de uma facção criminosa suspeito de participar do plano de fuga de detentos de uma penitenciária, em janeiro do ano passado. O homem foi flagrado, na madrugada desta terça-feira (10), com 20 tijolos de cocaína.

“Nós estávamos investigando a organização criminosa e o tráfico de entorpecentes. Ele [o preso] fez o planejamento para com um helicóptero resgatar integrantes da facção na Penitenciária de Presidente Venceslau”, comentou a delegada Leslie Caram Petrus, assistente da 6ª Dise.

A delegada lembrou que o plano de fuga da facção foi abortado porque o Ministério Público (MP) e a polícia descobriram a articulação da quadrilha. As investigações sobre o caso prosseguem.

O flagrante

Uma equipe da 6ª delegacia da Divisão de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), levantou informações de que o comerciante L.F.R.B., de 41 anos, conhecido como “Boneco”, transportava drogas em um Gol, de cor cinza.

11046754_1019748854721028_4749828321280165884_o

Os policiais seguiram à favela da “Coca”, em Diadema, no Grande ABC, e encontraram o carro parado na esquina da Avenida Presidente Juscelino Kubitschek com a Travessa da Vitória, no bairro Piraporinha.

Instantes depois, o suspeito saiu de um beco e entrou no veículo, momento em que foi abordado pelos agentes. Após revista ao Gol, a equipe achou os entorpecentes no porta-malas, além de uma lista com nomes e telefones.

“Ele tinha acabado de entrar no veículo. Ele foi buscar o carro, com esses tijolos, que seriam distribuídos para uma comunidade ali em Diadema”, falou a delegada. O homem possui antecedentes por roubo e tráfico.

As drogas foram periciadas pelo Instituto de Criminalística (IC), que constatou 18,778 quilos de cocaína. O carro e um celular do comerciante também foram recolhidos pelos policiais.

FOLDER FACEBOOK