Para democratizar o acesso à internet e à informação durante a pandemia, o projeto Papo Futuro realizará a doação de tablets, notebooks e chips de 4G para estudantes da rede pública de São Paulo e de comunidades carentes.  Os  aparelhos serão doados no próximo sábado (22), na Avenida Portugal, 900, no bairro do Brooklin, em São Paulo, das 10h às 16h. Os equipamentos eletrônicos foram comprados ou recebidos via doação após a mobilização dos participantes da iniciativa, formados por alunos da FGV, ESPM, NYU e Parsons, que arrecadaram mais de R$ 30 mil em captação. O propósito do projeto é auxiliar estudantes brasileiros que estão se preparando para o vestibular, e não têm condições de estudar em casa via EAD, em decorrência da falta de computadores e de conexão, democratizando o acesso à educação.

“Acreditamos que para diminuir a desigualdade social, que aumentou com o Coronavírus, é preciso união e solidariedade. Acreditamos que a informação e educação são primordiais para criar oportunidades e alcançar sonhos. Nossa meta é continuar a arrecadação de dispositivos eletrônicos novos e usados, além de recursos financeiros para atingir mais jovens”, explica Caio Santini, um dos idealizadores do projeto. A entrega seguirá todos os cuidados sanitários recomendados para evitar aglomerações.

Sobre o projeto Papo Futuro

Papo Futuro visa promover a transformação da realidade de jovens de comunidades que estão na fase pré-vestibular. O projeto auxilia alunos da rede pública, que não conseguem estudar em casa, por falta de conexão à internet e estrutura adequada para a atividade escolar. Criado por estudantes da FGV, ESPM, NYU e Parsons, a iniciativa busca recursos em dinheiro ou em equipamentos como laptops, tablets e smartphones para serem doados para alunos carentes. Para apoiar e saber mais sobre o projeto acesse: www.papofuturo.com.br .