O São Paulo DC, um dos grandes nomes do Basquete 3×3 brasileiro e mundial, firmou nesta quarta-feira (06 de março), em São Paulo (SP), parceria com a Universidade Paulista (Unip). O acordo, que é inédito na modalidade em âmbito nacional, prevê bolsa de estudos para os atletas, que terão a chance de estudar e jogar pela equipe da conceituada instituição de ensino.

Para Gustavo Bracco, manager do São Paulo DC, esta é mais uma conquista da equipe, que tem revolucionado o Basquete 3×3 brasileiro. “Todos os nossos atletas, na idade citada, serão contemplados com bolsas de estudo para estudar na Unip, que é uma universidade das mais renomadas do país. Desta forma, iremos montar o primeiro time universitário permanente do Brasil, com estrutura profissional, por isso, realizamos a seletiva e selecionamos alguns jogadores de até 25 anos, que já estão compondo o nosso elenco”, explicou.

“Essa equipe universitária vai representar a Universidade Paulista (Unip) nacionalmente e internacionalmente. O objetivo final é conseguir vaga na FISU University World Cup – 3×3, uma competição tradicional do desporto universitário, que será jogada em Xiamen, na China, de 15 a 18 de novembro”, acrescentou Bracco.

Já Alexandre da Silva Santiago, auxiliar de coordenação esportiva da Unip, acredita no sucesso da parceria. “A motivação, talvez, seja um dos ingredientes chave para o sucesso de um negócio. Quando um atleta está motivado, ele dá o seu melhor. E parte dessa motivação será a bolsa de estudo disponibilizada pela Unip e as ótimas condições de treinamento, disponibilizadas pela direção do São Paulo DC”, declarou.

A parceria não quer apenas formar atletas para o Basquete 3×3. “Na verdade, o pensamento do São Paulo DC e da Unip vai mais além, queremos formar profissionais, o só irá acontecer graças à parceria que firmamos. Além de representar a Unip nas competições universitárias nacionais e internacionais, permitirá que os atletas tenham uma orientação educacional e uma finalização acadêmica no momento da conclusão dos estudos”, opinou Bracco.

“Nem todos, provavelmente, seguirão como atletas, mas todos devem virar profissionais. E nós queremos mesmo que isso aconteça”, explicou Gustavo.

O ano de 2019 é, realmente, muito importante para o desporto universitário, que tem um calendário repleto de competições. “Temos a pretensão de disputar os Jogos Universitários Brasileiros (JUB’s) e as competições continentais da International University Sports Federation (FISU) para chegar a nossa meta final, que é a University World Cup – 3×3”, finalizou Gustavo Bracco.

Foto: Divulgação

Legenda: Alexandre da Silva Santiago (auxiliar de coordenação esportiva da Unip) e Gustavo Bracco (manager do São Paulo DC)