Do Portal do Governo do Estado

 

Em dezembro, instituições promoverão debates, oficinas e apresentações sobre o tema “Solidariedade Derrubando Muros”

Para celebrar o Dia Internacional dos Direitos Humanos, comemorado em 10 de dezembro, os museus da Secretaria da Cultura do Estado se mobilizam, pelo terceiro ano seguido, para realizar a ação “Sonhar o Mundo”. Com o tema “Solidariedade Derrubando Muros”, a iniciativa ocorre entre 4 e 10 de dezembro.

A programação diversificada será composta por oficinas, debates, palestras, exibição de filmes, saraus, jogos e apresentações artísticas, com o objetivo de estimular a reflexão sobre solidariedade e direitos humanos. Este ano, nove museus participam da ação: Museu Afro Brasil, Museu Casa de Portinari (Brodowski), Museu Felícia Leirner (Campos do Jordão), Museu Índia Vanuíre (Tupã), Museu da Casa Brasileira, Museu da Imigração, Museu do Café, Pinacoteca do Estado e o Memorial da Inclusão, da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Campanha

No Museu Felícia Leirner, as atividades começam no dia 4 de dezembro, às 9h, com o lançamento de uma campanha virtual que convidará o público a compartilhar fotos que representem o tema “Solidariedade Derrubando Muros”. As imagens serão publicadas nas redes sociais da instituição.

No dia 5, o espaço terá, às 10h e 15h, a oficina de confecção de presentes e cartões de Natal que serão doados à instituição local, como forma de exercer a solidariedade. Já no dia 9, às 15h, o museu promove um bate-papo sobre a solidariedade nos dias de hoje, com ênfase na região da Serra da Mantiqueira e Vale do Paraíba. Por fim, no dia 10, às 11h, haverá apresentação artística desenvolvida por projeto social da região da Serra da Mantiqueira e Vale do Paraíba.

Museu da Casa Brasileira promove, no dia 4 de dezembro, às 10h, uma série de oficinas em sua calçada para integração dos transeuntes com os conteúdos do museu. Já o Museu Índia Vanuíre apresenta, no dia 5, às 9h, a palestra “Os Direitos da Mulher”, ministrada pela delegada da mulher Cristiane Braga e a secretária de Serviços Sociais Telma Tulim. No dia 6, também às 9h, o psicólogo e membro da Comissão de Direitos Humanos Maico Fernando Costa, a doutoranda em psicologia Bruna Amaral Dávalo, a presidente da Umont, Marisa Silva, e a líder indígena Kaingang da Terra Indígena, Vanuíre Dirce Jorge, ministram a palestra “Empoderamento Feminino”. Às 19h, haverá um sarau de poesias sobre a Declaração Universal de Direitos Humanos e o lançamento do livro do palestrante Oswaldo de Camargo.

No dia 7, às 9h, o museu realiza uma mesa redonda sobre o tema “Construir uma Sociedade mais Justa e Solidária”. No dia 10, a programação começa às 9h, com o lançamento de um jogo interativo que busca a reflexão e o conhecimento sobre os temas Direitos Humanos e Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Mural

Museu do Café terá atividades a partir do dia 5, às 9h30 e às 14h30, com a oficina artística “Desconstruindo Muros, Construindo Murais”, que abordará a temática dos Direitos Humanos, por meio da elaboração de um mural de grafite e stencil. No dia 7, às 15h, o espaço apresenta uma palestra sobre Direitos Humanos. No dia 8, às 15h, apresenta o curta metragem “Garoto Barba” acompanhado de debate. E no dia 9, às 10h30, realiza a ação educativa “Peneira do Saber”, em que será utilizada uma peneira para ofertar frases aos visitantes com o objetivo de despertar reflexões e diálogos sobre os direitos humanos.

Museu Casa de Portinari recebe, no dia 6, às 18h, o Miss São Paulo Gay Gerald Pizzi, para um bate-papo com o público sobre sua trajetória de vida. No dia 9, promove, às 9h, uma caminhada solidária até o asilo Lar da Fraternidade, onde haverá uma apresentação musical para idosos. E no dia 10, às 10h, realiza o “Domingo com Arte”, a fim de incentivar os artistas regionais e aproximar o público das artes e da cultura.

Museu Afro Brasil realiza, no dia 8, às 13h, o encontro “Na Espiral da Memória – Reflexões sobre Territórios Afetivos”, acerca da relação entre combate ao racismo e a discussão sobre o direito dos idosos. No dia 9, apresenta, às 10h, o “Seminário Sonhar o Mundo sem Muros”, com contação de história e bate-papo a respeito da relação entre a narrativa ficcional e a luta pelos direitos de todos; às 13h30, o espaço realiza mesa redonda com convidados de diversas instituições para discutir ações com o objetivo de assegurar que todos os cidadãos tenham os direitos garantidos; às 16h, será realizado o sarau “Ginga d(e) versos”, em parceria com o Museu da Diversidade Sexual.

Jogos

Pinacoteca do Estado disponibiliza, no dia 9, às 11h, jogos que têm relação com o tema da ação “Sonhar o Mundo”, para promover a interação de famílias e grupos. No mesmo horário, a procuradora regional da República em São Paulo, Inês Virgínia Prado Soares, palestrará sobre “Direitos Culturais”. Já no dia 10, às 10h30, o público poderá participar de visita educativa à exposição “No subúrbio da modernidade – Di Cavalcanti 120 anos”; às 11h, o PinaFamília oferecerá atividades para todas as idades.

Museu da Imigração realiza, no dia 9, às 15h30, o “Encontro de Formação – Museu da Imigração e Arsenal da Esperança”, em que os participantes serão convidados a conversar sobre os atuais usos da Hospedaria de Imigrantes do Brás. Por fim, no dia 10, às 15h, acontece a apresentação do coral “Coração Jolie”, formado por crianças refugiadas.

Memorial da Inclusão realiza, no dia 4, uma visita ao museu e bate-papo com militantes do movimento social da pessoa com deficiência. No dia 5, apresenta o filme “De Escuros e Silêncios”, seguido de debate com a produtora e coordenadora Cintia Alves. No dia 6, a instituição convida o público a explorar o espaço por meio de uma visita sinestésica utilizando os cinco sentidos, e no dia 7, promove oficina de Braille e Libras.

No dia 8, haverá a oficina de material educativo acessível, em que o público aprenderá a confeccionar símbolos utilizados para representar vários tipos de deficiência de forma sensorial. No dia 9, encerrando a programação, o espaço oferecerá uma oficina de pintura com a boca e os pés. Todas as atividades serão às 14h.

serviço

Ação “Sonhar o Mundo”
Período: de 4 a 10 de dezembro de 2017

Museu Felícia Leirner – Campos do Jordão
Av. Dr. Luis Arrobas Martins, 1.880 – Campos do Jordão/SP
(12) 3662-6000
Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h00 às 18h00
Estacionamento gratuito no local
Cidadãos jordanenses não pagam mediante apresentação de comprovante de residência
Entrada: inteira R$10,00 e meia R$5,00 (estudante e idoso) – gratuita aos domingos
Acessibilidade no local
www.museufelicialeirner.org.br

Museu da Casa Brasileira
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano – São Paulo-SP
CPTM Cidade Jardim (850m)
(11) 3032-3727
Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 10h00 às 18h00
Estacionamento pago no local
R$ 10,00 | Grátis aos sábados, domingos e feriados
Acessibilidade no local
www.mcb.org.br

Museu H. P. Índia Vanuíre – Tupã
Rua Coroados, 521, Centro – Tupã/SP
(14) 3491-2333
Funcionamento: de terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h00 às 17h00
Entrada gratuita
Acessibilidade no local
www.museuindiavanuire.org.br

Museu do Café – Santos
Rua XV de novembro, 95 – Centro – Santos-SP
(13) 3213-1750
Funcionamento: terça a sábado, (fechado às segundas) das 9h00 às 17h00 | domingo das 10h00 às 17h00
R$ 10,00 | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local
www.museudocafe.com.br

Museu Casa de Portinari – Brodowski
Praça Candido Portinari, 298 – Brodowski/SP
(16) 3664-4284
Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 9h00 às 18h00
Entrada: ingresso voluntário
Acessibilidade no local
www.museucasadeportinari.org.br

Museu Afro Brasil
Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Pavilhão Manoel da Nóbrega – Parque do Ibirapuera, portão 10 – São Paulo-SP
(11) 3320-8900
Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas), das 10h00 às 17h00 (permanência até às 18h00)
Estacionamento pelo portão 3 (Zona Azul)
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local
www.museuafrobrasil.org.br

Museu da Diversidade Sexual
Rua do Arouche, 24 – Estação República do Metrô – Piso Mezanino, loja 518
(11) 3339-8078
Funcionamento: terça a domingo, (fechado às segundas) das 10h00 às 18h00
Entrada gratuita
Acessibilidade no local
www.mds.org.br

Pinacoteca
Praça da Luz, 02 – Luz, São Paulo – SP
(11) 3324-1000
Funcionamento: quarta a segunda (fechado às terças) das 10h00 às 17h30 (com permanência até às 18h00)
Estacionamento gratuito no local
R$ 6,00 | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local
www.pinacoteca.org.br

Museu da Imigração
Rua Visconde de Parnaíba, 1316 São Paulo-SP
Metrô Bresser-Mooca (900m)
(11) 2692-1866
Funcionamento: terça a sábado, (fechado às segundas) das 9h00 às 17h00 e domingos das 10h00 às 17h00
R$ 10,00 | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local
www.museudaimigracao.org.br

Memorial da Inclusão
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 564, Portão 10, Barra Funda – São Paulo-SP
(11) 5212.3727 – (11) 5212.3700
www.memorialdainclusao.sp.gov.br