Fotos: Silvia Machado

 

O Sesc Santo André apresenta dois espetáculos com a premiada Companhia de Danças de Diadema, atuante no Brasil e exterior, há 22 anos.

No dia 18 de novembro (sábado, às 20h), o publico pode apreciar a mais nova montagem do grupo: Força Fluída, com coreografia assinada pelo sul-coreano Jaeduk Kim. E nos dias 19 e 20 de novembro (domingo e segunda, às 12h), a Companhia dança o infantojuvenil A Mão do Meio – Sinfonia Lúdica, sucesso entre crianças, jovens e adultos que foi concebido e coreografado por Michael Bugdahn e Denise Namura. Ambos têm direção geral de Ana Bottosso.

Força Fluída harmoniza força e delicadeza em movimentos inspirados na cultura ancestral oriental pelo viés contemporâneo de Jaeduk. O enredo de A Mão do Meio – Sinfonia Lúdica retrata a experiência da descoberta do próprio corpo, das mãos e dos pés. É uma história de gestos contada por meio da dança

 

Força Fluída

 

Após encontro casual com o coreógrafo, da companhia Modern Table (da Coreia do Sul), em um festival internacional de dança, a Companhia de Danças de Diadema estabeleceu com ele um intenso elo artístico por meio de workshops, apreciações, reflexões e pesquisas em parceria. Esse intercâmbio de informações culminou no projeto e realização da obra Força Fluída, que foi criada por Jaeduk especialmente para o grupo.

Artista de múltiplas facetas, Jaeduk Kim criou a trilha sonora baseada em cânticos de sua tradição oriental, utilizando a sonoridade de instrumentos típicos de sua cultura e voz monocórdia. A coreografia transita pelo minimalismo dos movimentos que dialogam com a música, com os sons, ora expressando-se com a força de um guerreiro, ora com a delicadeza de uma folha caindo no outono. Esses e demais elementos da ancestral cultura oriental se encontram na obra, traduzidos pelo olhar contemporâneo e sensível do criador e dos intérpretes da Companhia, que atuam em Força Fluída.

Sinopse (por Jaeduk Kim): O fluxo natural vem da natureza. O fluxo da respiração está de acordo com a natureza. Qual é a força que flui? O que faz o forte fluir?

Ficha técnica – Coreografia: Jaeduk Kim (Coreia do Sul). Direção geral: Ana Bottosso. Assistente de direção e produção administrativa: Ton Carbones. Assistente de coreografia: Carolini Piovani. Trilha sonora: Jaeduk Kim. Desenho e operação de luz: Silviane Ticher. Sonoplastia: Daniela Garcia / Renato Alves. Concepção figurino: Jaeduk Kim. Confecção de figurino: Célia Bonifácio. Professores de dança clássica: Eduardo Bonnis e Márcio Rongetti. Condicionamento físico: Carolini Piovani. Assessoria de imprensa: Verbena Comunicação.  Assistentes de produção: Daniela Garcia e Renato Alves. Elenco: Allan Marcelino, Carolini Piovani, Daniele Santos, Danielle Rodrigues, Elton de Souza, Fernando Gomes, Keila Akemi, Leonardo Carvajal, Thaís Lima, Ton Carbones e Zezinho Alves.

 

A Mão do Meio – Sinfonia Lúdica

 

Bailarinos e público embarcam na fabulosa aventura de uma “mão”, fascinada por todo tipo de movimento, que parte em busca da descoberta do corpo, tornando-se uma verdadeira colecionadora de gestos.

 

Segundo os coreógrafos, o espetáculo é uma sinfonia lúdica composta por movimentos, sons e luzes que faz o público mergulhar em um mundo feito poesia, onde situações do cotidiano se transformam em mágica num piscar de olhos, onde gestos simples provocam imagens surpreendentes e sensações inéditas. Michael Bugdahn explica que A Mão do Meio – Sinfonia Lúdica conta uma história que envolve o nascimento, a descoberta do corpo e da vida. Também fala sobre as diferenças físicas entre as pessoas, que nem sempre são relevantes. “Todos vão compreender que não é preciso ser um super-herói para viver experiências incríveis e enriquecedoras”, comenta.

 

Segundo Ana Bottosso, “os coreógrafos trazem uma estética primorosa que explora a mímica, os detalhes minimalistas, os gestos, os movimentos do cotidiano: características ideais para um espetáculo infantil”.

 

A Mão do Meio – Sinfonia Lúdica, que estreou em 2015, é a segunda montagem da Companhia de Danças de Diadema criada para o público infantil. Em 2010, produziu Meio em Jogo (de Ivan Bernardelli e Francisco Júnior).

 

Ficha técnica – Concepção e coreografia: Michael Bugdahn e Denise Namura. Direção geral: Ana Bottosso. Assistente de direção e produção administrativa: Ton Carbones. Assistente de coreografia: Carolini Piovani. Desenho de luz, trilha e pesquisa musical: Michael Bugdahn. Vozes/off: Roberto Mainieri e Denise Namura. Concepção de cenário, adereços e figurino: Michael Bugdahn e Denise Namura. Confecção de cenário e adereços: Fábio Marques. Confecção de figurino: Cleide Aniwa. Sonoplastia e assistência de produção: Renato Alves e Daniela Garcia. Prof. dança clássica: Eduardo Bonnis e Márcio Rongetti. Condicionamento físico: Carolini Piovani. Elenco: Allan Marcelino, Carolini Piovani, Daniele Santos, Danielle Rodrigues, Keila Akemi, Elton de Souza/Fernando Gomes, Leonardo Carvajal, Thaís Lima, Ton Carbones, Zezinho Alves. Ideia original, texto e dramaturgia: Michael Bugdahn.

 

Serviços

 

Dia 18 de novembro. Sábado, às 20h

Dança: Força Fluída

Com Companhia de Danças de Diadema

Local: Teatro (302 lugares). Duração: 45 min. Classificação: Livre.

Ingressos: R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentado e pessoa com deficiência) e R$ 6,00 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

 

Dias 19 e dia 20 de novembro. Domingo e Segunda, às 12h

Espetáculo: A Mão do Meio – Sinfonia Lúdica

Com Companhia de Danças de Diadema

Local: Teatro (302 lugares). Classificação: Livre. Duração: 40 min.

Ingressos: R$ 17,00 (inteira); R$ 8,50 (estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentado e pessoa com deficiência) e R$ 5,00 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

Grátis para crianças até 12 anos, mediante retirada de ingresso na Bilheteria.

 

SESC SANTO ANDRÉ

Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar. Santo André/SP

Telefone: (11) 4469-1311

 

Bilheteria: terça a sexta (10h às 21h30); sábados, domingos e feriados (10h às 18h30).

Vendas pelo Portal e nas bilheterias do Sesc São Paulo.

Estacionamento (vagas limitadas): Credencial Plena – R$ 5 (R$ 1,50 por hora adicional) |
Outros – R$ 10 (R$ 2,50 por hora adicional).

Outras programações: sescsp.org.br/santoandre | facebook.com/SESCSantoAndre