Se o Raptor é considerado o caça mais poderoso, o F-35 é o mais versátil – podendo ser usado para todas as ocasiões, de batalhas aéreas a missões de espionagem. É também o único caça da classe STOVL, (“Short TakeOff and Vertical Landing” ou “decolagem em distâncias curtas e pouso vertical”).

Com um design semelhante ao do F-22, muitos consideram o Lightning II como uma versão menor do anterior. Mas embora parecidos, ele é menos veloz que seu “irmão maior”, atingindo Mach 1.6 (1.960 km/h).

Para manter sua supremacia militar e soberania nacional, grandes potências mundiais costumam investir fortemente em projetos de defesa. Como no caso dos Estados Unidos, o orçamento reservado ao armamento, transporte e treinamento das forças armadas pode chegar a números exorbitantes, superando a casa dos 700 bilhões de dólares anuais.

Para verdadeiro deleite dos fãs de aviação, muito destes investimentos acabam sendo destinados ao desenvolvimento e manutenção da linha de frente das Forças Aéreas, que seguem atualizadas com máquinas de guerra cada vez mais complexas e extremamente poderosas!

Para você se manter por dentro das principais unidades em atuação, separamos uma lista com cinco dos caças mais potentes da atualidade — e seus avançados sistemas para confundir o inimigo:

F-22 Raptor

Visto como o caça de combate mais poderoso do exército americano, o F-22 foi criado para ser imbatível, tanto no ar quanto na terra. Para isso, ele trabalha com armamentos pesados, como sua metralhadora M61A2 e dois mísseis AIM-9, além de sua capacidade de atingir velocidades de até Mach 2.2 (2.410 km/h).

No entanto, se necessário, ele pode assumir ainda mais poder de fogo. Numa disputa ar-ar, por exemplo, ele ganha até seis mísseis AIM-120 AMRAAM. Ou ainda, para o caso de um bombardeio, troca quatro deles por duas bombas de 1000 libras GBU-32 JDAMs.

Embora não seja sua especialidade, o Raptor também é capaz de cumprir missões de reconhecimento. Tudo graças à presença de sensores ultratecnológicos e de sua estrutura especial, feita com materiais que o tornam praticamente invisível aos radares.